Skip to content

Islândia – outros passeios

25 janeiro 2010

 

Blue Lagoon

A atração mais conhecida e visitada do país é a Blue Lagoon, um local paradisíaco em meio a paisagens que parecem lunares. Possui cerca de 6 milhões de litros de água geotermal, com temperaturas entre 37 e 39 graus, renovadas a cada 40 horas. Nesta temperatura não é necessária a adição de cloro, já que bactérias comuns não sobreviveriam. O que mais falta para um mergulho perfeito?

Situada a meio caminho entre Reykjavík e o aeroporto de Keflavík, é melhor apreciada logo na chegada, ou, preferencialmente, antes da partida. Claro que esta decisão vai depender dos horários do seu voo. O ingresso é caro, o equivalente a 23 euros, mas compensa cada centavo. Sugiro escolher um pacote em que a entrada esteja incluída, pois fica mais em conta.

Não dá para resistir!

Crateras da Lua

Outra excursão interessante é a South Coast Tour, passeio que dura pouco mais de 9 horas e percorre cerca de 380km visitando as seguintes atrações:

1) Seljalandfoss – uma cachoeira com 70 metros de altura e onde se pode apreciar a vista por trás da mesma; infelizmente o vento e a temperatura fizeram com que o caminho até lá estivesse muito escorregadio, impedindo melhores fotos.

Seljalandfoss

2) Skógafoss, mais volumosa do que a cachoeira anterior, tem uma altura de aproximadamente 60 metros e largura de 25 metros; com acesso bastante fácil pela Ring Road, é uma das mais fotografadas do país e também permite uma subida até o topo, de onde se tem uma visão fantástica.

Skogafoss

Vista superior

3) A geleira Sólheimajökull, nome dado à parte sudoeste do complexo de gelerias Myrdalsjökull que, como a maioria das geleiras existentes, está num processo de encolhimento constante. Para ilustrar a imprevisibilidade do tempo no país, esta foto foi tirada sob neve, apenas 15 minutos após sairmos de Skógafoss, onde o sol brilhava imponente! 

Parte sul da geleira Sólheimajökull

4) A pequena Vík, povoado mais ao sul da Islândia, fica a 180km de Reykajvík na Ring Road, e pouco mais de 300 habitantes. Possui uma praia com areias pretas e colônias de puffins, espécie de pássaro com bicos coloridos, observáveis apenas no verão.

A tranquila Vík...

 

... e Reynisfjara, sua praia de areias negras.

5) As formações rochosas de Dyrhólaey, próximas à Vík, são, segundo a lenda, trolls que foram capturados enquanto passeavam. Já os geólogos acham que se trata apenas de uma formação basáltica esculpida pelo mar. Qualquer que seja sua crença, não deixe de admirar esta beleza!

Dyrhólaey

Dyrhólaey - zoom

Três outras opções interessantes podem ser: o passeio à parte oeste da ilha (West Iceland Tour), Landmannalaugar (com uma passada pelo Hekla, o mais temido vulcão do país, com erupções a cada 10 anos) e a Aventura na Geleira, que permite uma exploração mais detalhada de Mýrdalsjökull.
Algumas excursões só são oferecidas entre os meses de junho e setembro. Fora desta época  fica difícil, se não impossível, fazer estes passeios utilizando transporte  público.

Várias empresas fazem estes passeios e se dividem basicamente entre aquelas que utilizam ônibus e as que usam vans. Estas últimas são um pouco mais baratas e mais pessoais, diria eu. Meus tours, com exceção da Blue Lagoon, foram contratados com a Go Travel  e o resultado foi acima do esperado. Além do menor preço, eles te levam a outros lugares que a maioria não visita. Se eu fosse você, nem  procuraria outra!

Se não confia em mim, veja as opiniões do pessoal do tripadvisor.

Anúncios
11 Comentários leave one →
  1. 27 janeiro 2010 6:57 pm

    Belíssimas paisagnes, principalmente os “trolls”, que viraram condomínio de gaivotas…A Blue Lagoon já apareceu naquele programa do Travel & Living onde dois barmen disputam para ver quem faz o melhor drink, inspirado na cultura local.

  2. 30 janeiro 2010 4:26 pm

    Cada post me enche os olhos ainda mais do que o anterior… 😉

  3. Majô permalink
    19 fevereiro 2010 7:01 pm

    Fantásticas as paisagens e fotos JB !!

  4. 3 março 2010 6:21 am

    BOm dia!!
    Bem que blog espectcular. Esaas imagens da islância são incriveis..as paaisagens ao vivo devem ser de cortar a respiração não?
    Adorei o blog e por essa mesmo razão gostava de fazer uma proposta aao seu autor em nome de minube. Por favor, entra em contacto comigo, catarina@minube.com.
    Muito obrigada,

    Catarina

  5. Thyago permalink
    21 maio 2013 2:34 pm

    Ola,

    Muito bom seu blog, estou pegando algumas dicas!

    Com quem você fez o trajeto para a Blue Lagoon? Tinha ingresso incluido?

    Obrigado

  6. 16 outubro 2014 6:01 am

    Oi JB,
    Parabens pelo seu blog! Eu adoro ler todos os seus posts 🙂
    Estou planejando ir para Islandia passer uns 4 dias… pensei em fazer mais ou menos seu roteiro: 1 dia Blue Lagoon e cidade, 1 dia Golden Circle, 1 dia South Coast Tour e o ultimo dia para terminar de ver a cidade. Voce aconselha algo diferente?
    Muito obrigada

    • 17 outubro 2014 6:01 pm

      Oi Carol,

      Não mudaria nada. Acho que está bem dividido!

      Aproveite bastante, tenho certeza de que irá gostar!

      Abs

Trackbacks

  1. Islândia de carro – Planejamento e roteiro | O Descobrimento da América +

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: