Skip to content

Buenos Aires para adolescentes – Dia 5

28 fevereiro 2010

Primeira tentativa de entrar na Casa Rosada...

Como a lista de encomendas e presentes ainda estava grande, fomos até a Calle Murillo onde fica o outlet da Tommy Hilfiger. Não satisfeitos, andamos mais 7 quadras até a Calle Aguirre, paraíso dos outlets descolados: Timberland, Columbia, Cheeky, Merrell entre outros. A rua fica a poucas quadras dos outlets mais badalados ( e menos interessantes, na minha modesta opinião) da Avenida Córdoba. 

Compramos roupas e sapatilhas da Merrell para as meninas e fomos obrigados a voltar para casa e deixar as inúmeras sacolas antes de sair para o almoço. Resolvemos passar pela Plaza Serrano, mas só encontramos algo que agradasse ao público adolescente-feminino na Calle Armenia, em um restaurante simpático chamado Tazz Soho, que tinha apetitosos pratos para almoço por apenas 25 pesos cada. 

Salada de camarão, maçã e brie ou

Raviole de carne ao molho de queijos?

A sobremesa foi a ida ao Museu Argentino de Ciências Naturais Bernardino Rivadavia. O Museu fica na Av. Angel Gallardo 470, próxima da estação de subte Angel Gallardo da linha B e é uma versão miniatura do Museu de la Plata. Apesar de não ter agradado muito, serviu para passar o tempo e rendeu boas fotos. Vejam só: 

Fomos de metrô ate a Plaza de Mayo e tentamos fazer a visita guiada da Casa Rosada, mas já havia encerrado. Aproveitei para mostrar a linha A do metrô, a mais antiga da América do Sul. O passeio nos trens de madeira com iluminação reduzida é um barato! Falar que esta linha tem mais de 100 anos impressionou a dupla. 

Estação Peru da linha A do Subte de BsAs

Para o jantar, havia escolhido um restaurante na Pacheco de Melo, mas o mesmo estava fechado para as férias de verão (assim como o Social Paraíso, um dos meus favoritos em BsAs). Rumamos para Las Cañitas, na sempre movimentada Calle Baéz, onde há vários restaurantes um ao lado do outro. Acabamos ficando no Campobravo. As meninas atacaram de  espetos de frango, enquanto eu pedi um wok de frango que estava apenas razoável. 

 

Anúncios
One Comment leave one →
  1. 2 março 2010 5:20 pm

    Acho que o “Museu dos Dinossauros” tem mais apelo com as crianças, principalmente com aquelas que não conhecem outros… O Jonas amou!

    Também gosto muito do Social Paraiso – e dessa vez experimentei um restaurante na Junín que amei, o L’École de Gastronomie… 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: