Skip to content

Sudeste asiático – Dia 8 – Koh Samui/Kuala Lumpur

24 junho 2011

Kuala Lumpur

No último dia, não havia muito tempo para passeios longos então fomos andando até o Big Buddha para ver algumas lojas e depois preferimos gastar os últimos baht fazendo uma foot massage relaxante, antes de tomar nosso transfer para o aeroporto. Lá, me separei da Carla e Paulinho e fui para a ala internacional  pegar o voo para Kuala Lumpur.

O aeroporto pareceu ainda mais simpático no embarque, já que a sala de espera era bem aconchegante, com sofás e muita madeira, bem ao estilo da ilha. Além disto, havia vários salgadinhos e doces, acompanhados de bebidas não alcoólicas, servidos de graça enquanto esperávamos (não sei se era cortesia da Firefly Airways ou se do próprio aeroporto). Sem falar nos 4 computadores com Internet gratuita! O vôo podia até atrasar depois disso…

Lojas na área de check in do aeroporto de Koh Samui

Isto é que é cortesia!

Infelizmente isto não aconteceu. O vôo saiu no horário, durou menos que 2 horas e logo estávamos descendo no aeroporto secundário da cidade: o Sultan Abdul Aziz Shah . Este aeroporto praticamente só recebe os vôos da Firefly e outras poucas companhias de baixo custo e serve também para helicópteros. Ele fica bem mais próximo da cidade (apenas 15km) do que o Kuala Lumpur International Airport (KLIA). A melhor pedida para sair do aeroporto é o táxi, que custa 40 MYR (10 MYR = USD 3,3 ou R$ 5,3) até a cidade.

A primeira impressão da cidade foi a melhor possível: achei tudo muito arrumado, jardins bem cuidados, trânsito tranquilo e muito verde. Meu hotel, o Novotel Kuala Lumpur City Center, fica na área conhecida como Golden Triangle, onde ficam os melhores hotéis e shoppings.

Vista da janela do quarto do Novotel

Decoração do Ano Novo Chines

Patio de comidas do Pavilion

Ano Novo Chines

Depois de o temporal ter se dissipado pude andar até o shopping Pavilion atravessando o pátio de comidas com diversos restaurantes ao ar livre, sem aquela opressão das praças de alimentação dos shoppings comuns. Andei também pelas ruas, próximo a Bukit Bintang, área super movimentada, principalmente nas noites de sábado, com integrantes de todas as tribos urbanas. Na volta, decidi jantar num dos restaurantes do Pavilion e apreciar o movimento.

Não tem jeito: no dia da viagem não dá para fazer  muita coisa, e o melhor mesmo é tentar dormir mais cedo para poder aproveitar o dia seguinte.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. 29 junho 2011 4:13 pm

    Pura coincidência, JB, estarmos postando sobre o mesmo destino – temos até algumas fotos semelhantes… 😉

Trackbacks

  1. Dia 42, 05/02 – Koh Samui / Bangkok | Idas e Vindas - Crônicas de Viagem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: