Skip to content

Bálcãs – Eslovênia – Ljubliana

4 agosto 2011

Vista da cidade, do alto do Castelo

Ljubliana, a capital da Eslovênia desde a sua independência em 1991, é uma cidade charmosa e compacta, com quase 280 mil habitantes. Tão compacta que pode ser vista em apenas 2 dias. Dizem que é uma das capitais menos diversamente étnicas da Europa, ou seja, voce terá uma experiência tipicamente eslovena…

Por conta de sua posição geográfica, sempre foi influenciada pelas culturas germânica (a cidade é conhecida como Laibach, em alemão) e latina, o que não se vê tão fortemente em outros países dos Bálcãs.

A Eslovênia é membro da Comunidade Européia desde junho de 2004 e começou a usar o Euro como moeda corrente em janeiro de 2007.

Chegada: saí de Frankfurt em um voo curto da Adria Airways – apenas 1h15m. O meio mais barato e confortável de sair do Aeroporto de Ljubliana é através do shuttle service – a partir de 9 euros te deixam na porta de qualquer hotel da cidade. O táxi custa cerca de 40 euros até o centro.

Onde ficar: A cidade é um pouco cara em se tratando de hospedagem. O mais barato que consegui para um quarto simples e aceitável foi no Slamic BB, por 65 Euros, com café da manhã. Opções mais baratas somente em albergues como o Celica, uma antiga prisão totalmente remodelada, mas que ainda mantém as celas habitáveis. Eu passo.

Não se preocupe muito com isso: devido ao tamanho da cidade, são grandes as chances de você ficar bem localizado.

Quarto do Slamic B+B

Passeios: A vantagem de uma cidade compacta é que voce não precisa de transporte público para (quase) nada. Todo o percurso mostrado a seguir pode ser facilmente percorrido a pé.

Comece o dia caminhando até Presernov Trg (Trg significa praça, em esloveno), local central da cidade. A praça foi construída em homenagem a France Prešeren, adorado poeta esloveno cuja estátua adorna o local.

Por falar nisto, os eslovenos tem uma idéia estranha em relação a praças. Usualmente é apenas um espaço circular, cimentado ou com paralelepípedos, e com sorte, um monumento.

Presernov Trg – Igreja de Franciscana da Anunciação e o monumento a France Prešeren

Dragon Bridge  – o dragão é o símbolo da cidade

Atravesse a Ponte Tripla (Tromostovje, obra do arquiteto esloveno Jože Plečnik, considerado um ícone no país, com várias outras obras espalhadas por Ljubliana) até a cidade velha e passeie por lá observando os edifícios de arquitetura barroca e rococó.

A Old Town de Ljubliana é bastante compacta – entre suas atrações está a Catedral de St Nicholas, além de praças e edifícios históricos.

Fonte dos 3 rios em Mestni Trg – Old town

Catedral de St. Nicholas – old town

A visita a cidade não estaria completa sem uma passadinha no Castelo, não é mesmo? Para isto, temos 3 opções:

1) a pé, por 3 caminhos de diferentes dificuldades (o mais fácil parece ser através da Ulica na Grad, perto da Igreja de St. Florian)

2) o trem turístico, que sai de Presernov de hora em hora (3,50 Euros) ou

3) o funicular (3 euros, ida e volta, ou 5 euros, incluindo a entrada para a Torre e o Museu Virtual).

Escolhi a última opção, com a entrada incluída.

O Castelo de Ljubliana nem é o mais bonito do país, título que ficaria com o de Bled, mas é interessante pela vista da cidade, mesmo com o dia nublado…

Além do Castelo (aberto diariamente das 9h às 22h, ou das 10h às 21h de outubro a abril) há o Museu Virtual que mostra um video 3D contando a estória da cidade e do Castelo em particular (aberto diariamente das 9h às 21h, ou das 10h às 18h de outubro a abril).

Interior do Castelo e a Torre

O Castelo no alto

Edifício

Rio Ljublianica

O local mais convidativo da cidade são as margens do Ljublianica, o pequeno rio que corta a cidade. Em ambos os lados há inúmeros cafés e restaurantes, com decks de madeira, sofás e poltronas confortáveis debruçados sobre o rio.

Tomar um café e comer um pedaço das deliciosas tortas eslovenas, confortavelmente instalado e com uma vista privilegiada, não tem preço. Na verdade tem sim: deve ficar em uns 7 Euros! Uma sugestão interessante é o café/bar Cacao, que fica bem próximo de Presernov Trg (e o que não fica?).

Os passeios ficaram um pouco prejudicados por causa do mau tempo. Choveu quase que ininterruptamente durante o dia inteiro. Opções como o Tivoli Park, o pulmão da cidade, ou qualquer outra coisa ao ar livre, foram descartadas por razões óbvias. Para piorar, como era uma segunda-feira, a maioria dos museus estava fechada.

Do pouco que consegui ver, não há dúvida de que é uma cidade simpática, mas não vale gastar muito tempo com ela.

Passeio a margem do rio

Torta de chocolate com cerejas da Cacao

Torta Bled

Comida: Gostilna Sestica – um restaurante bem tradicional da cidade, na Slovenska Cesta desde 1776!!!

Comi uma Puranji zrezek (milanesa de peru) com legumes e como sobremesa a Torta Bled, um mil folhas com um recheio cremoso delicioso, símbolo da cidade de Bled, destino que iria visitar no dia seguinte.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. 27 fevereiro 2013 10:34 am

    Oi JB! To indo amanha para Eslovénia e Croácia, onde vou visitar Ljubliana, Bled, Zagreb e Plitvices Lakes (sonho antigo!), você não idéia do tanto que seu blog ta me ajudando, valeu mesmo!!

    • 27 fevereiro 2013 2:07 pm

      Oi Ana,

      Vc não tem idéia de quanto eu gosto de ler comentários como o seu. Tenha uma ótima viagem e passe aqui na volta para contar como foi, ok?

      Abraços,

      JB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: