Skip to content

Disney com adolescentes – Dicas

27 maio 2012

Em frente a loja da Lego, em Downtown Disney

1) Melhor época para ir :  Já havia visitado a Disney duas vezes (julho e outubro) e não recomendo estes meses. As boas memórias que tenho destas visitas são igualadas ao cansaço devido ao calor de julho e à impaciência com as filas intermináveis de brasileiros aproveitando os feriados de 12 e 15 de outubro, um horror!

Desta vez (fevereiro) tudo mudou: o tempo estava perfeito, ensolarado e com temperatura entre 26 graus no auge do sol e agradáveis 16 graus durante a noite. Claro que não dava para encarar os parques aquáticos, mas compensava muito não ter que enfrentar filas e nem suar sob o calor intenso. Fevereiro é perfeito: os americanos e os brasileiros já estão em aula e o tempo pouco característico da Flórida nesta época não é suficientepara atrair aqueles que querem calor de verdade – o Caribe está bem mais quentinho no começo do ano.

Tive também a sorte de pegar o Islands of Adventure no dia da final do campeonato de futebol americano, o Super Bowl. A sensação de poder escolher o brinquedo que quisesse e esperar menos de 5 minutos para me divertir foi incrível!

Portanto, se pudesse sugerir alguma época para ir à Disney, diria sem medo: início de fevereiro, antes do Carnaval.

2) Onde ficar :  Como falei, devido a não termos alugado carro, tivemos que dividir a nossa estada em dois locais diferentes. Abaixo segue a avaliação de cada um deles:

Hotel na Disney

Vantagens:  proximidade dos parques, imersão no universo Disney, transporte gratuito para os parques e Downtown Disney; traslado ida/volta ao Aeroporto de Orlando incluido no pacote.

Desvantagens:  preço um pouco superior aos demais hotéis de outras áreas; imersão no universo Disney (haha); dificuldade em fazer as comprinhas mais básicas de coisas realmente úteis.

Hotel na área da International Drive

Vantagens: proximidade dos parques da Universal e outras atrações (Wet and Wild, outlets etc); preços mais em conta do que os hotéis da Disney.

Desvantagens:  distância aos parques Disney; necessidade de acordar cedo para evitar a perda de tempo e o transtorno de dirigir/estacionar/andar até a entrada dos parques Disney (o que pode demorar até 2 horas para começar a curtir as atrações, dependendo do tamanho da família).

3) Compras : mesmo que você não ligue muito  para isto, viajando com adolescentes você não consegue escapar adas comprinhas. Então relaxe e considere que você vai passar muito tempo com sacolas na mão. Minha sugestão é intercalar as compras com os dias de parque – 3 dias de parque para um de compras me parece uma boa mistura.

As lojas dentro da Disney vendem toda a sorte de objetos relacionados ao mundo do Walt, o que pode ser cansativo após alguns dias; além do mais os preços também não ajudam muito, sendo sensivelmente mais caros do que os equivalentes achados fora do complexo.

Na área da International Drive, ao contrário, ficamos maravilhados com os preços baratos e a oferta incrível de marcas de grife. Para isso, não é preciso sair do Premium Outlet, que possui absolutamente todas as lojas nas quais voce poderá encontrar os objetos encomendados pelos parentes sem noção.

Minto: lá não tem uma loja da Apple, por isso voce não vai poder comprar o Iphone desbloqueado do seu cunhado. A apenas 10 dólares de táxi, contudo, voce estará no Mall at Millennia, mais caro e sofisticado e que tem o plus de contar com uma filial do Cheesecake Factory, restaurante imperdível para os fãs de Big Bang Theory.

Outras opção pode ser o Wal-mart, um pouco mais distante, mas acessível por táxi – veja no mapa as opções 3 e 4. Também sugiro uma passada na Bed Bath and Beyond, para utensílios domésticos em geral.

4) Fast passEste é um serviço oferecido de graça com o seu ingresso da Disney e funciona da seguinte maneira: você introduz seu ingresso e retira um fast pass na atração de sua preferência.

No passe estará impresso o horário em que você deve voltar à mesma – sempre é um intervalo de uma hora; durante este período, você entra numa fast lane, ou seja, pula a fila do brinquedo.

Atenção: enquanto este fast pass não for utilizado, você está impedido de tirar outro, por isso use-o com inteligência. Veja as atrações que possuem fast pass aqui.

Na Universal temos o Express Pass plus, que cumpre a mesma função mas com uma diferença fundamental – aqui ele é pago e o preço varia de acordo com o parque e o dia de visita, podendo chegar fácil a 50 dólares extra por ticket!! VEja as condições aqui.

5) Single ridersalém do fast pass, há também a fila dos single riders, que pode ser uma boa opção para entrar mais rápido nas atrações; a estratégia tem que ser a seguinte: você deve ver quantos lugares existem em cada carro: se for um número ímpar, sua chance de entrar mais rápido é maior, já que você estaria completando a lotação total junto com um casal ou com pais e 2 filhos – dois dos grupos mais numerosos na Disney.

6) Comida :  Não tem jeito – dentro dos parques – e isto vale tanto para Disney como para a Universal – a sua chance de  encontrar algo saudável para comer é mínima; as opções mais frequentes são: cheeseburger, hot dog, smoked turkey legs (lembra os Flintstones!) e outras porcarias, todas acompanhadas da indefectível batata frita; mesmo se você quiser uma salada, a chance é de encontrar uma caesar’s, o que não é necessariamente light.

Um refeição completa normalmente custa em torno de 15 dólares, o que considero caro pela qualidade da comida: junk food sem nenhuma estrela!

E se você pensa que dentro dos hotéis a coisa melhora, lamento informar que a maioria deles segue a lógica dos parques. A coisa muda um pouco de figura se você for até Downtown Disney, mas pode-se ter a impressão de que apenas aumentaram as opções de junk food. Escolha aqui sua opção, mas não se esqueça de reservar!!

As coisas melhoram um pouco na área da International Drive, com uma oferta um pouco melhor de restaurantes. O Sweet Tomatoes pode ser um porto seguro se você quiser uma salada menos nociva.

Fajitas do Planet Hollywood

7)Disney sem carro : como vocês puderam ver, não é tão difícil assim, se minha estratégia de dividir a estadia em 2 locais for seguida; se a idéia de ficar dentro da Disney não te apetece, saiba que em alguns hotéis da International Drive há o transporte gratuito até os parques da Disney, mas conte com pelo menos 1h30 para chegar até lá.

8) Ranking final:  para finalizar, seguem os nossos favoritos:

Melhores parques:

Thais                                                                                      Bia                                                                                 JB

1)   Universal                                                                Epcot                                                 Islands of Adventure

2)  Animal Kingdom                                                   Islands of Avdenture                                       Epcot

3)  Islands of Adventure                                        Animal Kingdom                                        Animal Kingdom

Melhores brinquedos:

1)    Spider Man                                                         Test Track                                                  Rip Ride ‘n’ Rockit

2)    Test Track                                                           DinoSaur               Harry Potter the Forbidden Journey

3)    Jurassic Park River Adventure                  Jurassic Park River Adventure              Tower of Terror

Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. 4 junho 2012 10:40 am

    Oi, JB!
    Seu post foi selecionado para a #Viajosfera, do Viaje na Viagem.
    Dá uma olhada em http://www.viajenaviagem.com

    Até mais,
    Bóia Paulista

  2. Marcia Vieira permalink
    6 junho 2012 2:07 pm

    Olá!
    Gostei bastante do seu relato, pois irei com meu marido a Orlando em novembro e pretendo ficar num dos hotéis econômicos da Disney.
    Gostaria de saber se nos dias sem parque Disney, existe opção de pegar uma van ou táxi no hotel para ir aos outros parques ou aos shoppings?

    Grata,
    Marcia

    • 6 junho 2012 9:23 pm

      Oi Marcia,

      Existe esta opção sim, mas normalmente fica um pouco caro.

      Para voce ter uma idéia, pagamos 75 dólares do hotel até a área da International Drive num carro para 4 pessoas. Pelo que vi, os táxis cobam a mesma coisa.

      Abraços

  3. Fagney permalink
    15 abril 2013 3:19 pm

    JB, vou a Orlando em outubro, porém vou no dia 1 e volto no dia 14!
    Será que vou pegar muitas filas nesse período?

    • 22 abril 2013 8:20 pm

      Oi Fagney,

      Nesta época normalmente há muitos brasileiros (principalmente adolescentes) que aproveitam os feriados escolares de 12 e 15 de outubro para invadir os parques da Disney. Tirando isso não é um mês de muita fila não.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: