Skip to content

Alemanha – Passeio pela Niederwald

15 novembro 2012

O lindo Reno, visto de um dos mirantes da Niederwald

Uma das coisas mais interessantes de se fazer nas imediações de Rüdesheim é o passeio a Niederwald, conforme mostra o mapa acima. Este percurso pode ser feito de diferentes maneiras, e com custos distintos, de acordo com o gosto do cliente e de onde você pretende partir.

Como estava hospedado em Assmannshausen, foi ali meu ponto de partida. Escolhi o combi-ticket, que inclui uma passagem de teleférico em cada cidade.

O primeiro passo foi andar até a estação de onde saía o teleférico.

Primeiro trecho, em Assmannshausen

A subida é bem agradável e pode-se ver alguns vinhedos nas encostas antes de entrar em área de mata fechada, próximo à chegada.

Subindo…

Chegamos

Na chegada, consulte o mapa para saber que direção tomar. Se você tiver lido corretamente, um dos primeiros edifícios que verá é o Hotel Jagdschloss, um dos mais luxuosos da região.

Hotel Jagdschloss

Depois é só escolher se você vai encarar o caminho mais curto ou o mais longo até o Niederwalddenkmal. Recomendo a segunda opção, já que desta forma irá passar por alguns mirantes onde se pode ter uma linda visão da área e do Reno.

Esquerda ou direita?

Um dos mirantes

A cidade de Bingen vista de um dos mirantes

Rossel

História das ruínas

Uma das primeiras paradas é nas ruínas do Rossel, do final do século XVIII. Considero esta parada imperdível, por conta também de sua vista esplendorosa.

Caminho entre as árvores

A foto acima pode enganar quem pensa que o caminho é deserto – havia várias excursões estudantis e muitos outros turistas aproveitando o dia de sol – 28 graus – para se abrigar junto às árvores.

Mais adiante há outros mirantes, com panoramas igualmente bonitos. O Reno faz uma curva nesta área e esta característica faz com que tenhamos um panorama quase desimpedido.

Depois de caminhar por cerca de uma hora finalmente cheguei ao chamado Monumento de Niederwald (Niederwalddenkmal).

Próximo ao monumento

Jardim aos pés do Monumento

Este monumento tem mais de 40 metros de altura, foi construído no final do século XIX e simboliza a tão sonhada unidade alemã. Aqui é um local de peregrinação de milhares de alemães, que se reúnem para lembrar as vítimas da Guerra dos 30 anos.

A estátua principal, conhecida como Germania, tem cerca de 10 metros de altura. Carrega a Espada Imperial na mão esquerda e a Coroa do Imperador na direita.

Germania

Germania

Mais a frente se encontra o Niederwald Pavillion, muito bonito.

Pavilhão e a vista de Rüdesheim

Niederwald Pavillion

A fase final compreende uma descida em outro teleférico, e mais uma vez a viagem é feita lentamente entre os vinhedos, até descermos na estação em Rüdesheim.

Vista de Rüdesheim

Vista do Seilbahn

Chegada a Rüdesheim

Este passeio custa 7 euros (preços vigentes em 2012) e pode ser iniciado em quaisquer das 2 cidades, podendo também ser complementado com a volta de barco de uma para a outra (passando a custar 11 euros) ou incluindo uma visita ao Castelo Rheinstein, na margem esquerda do Reno, voltando de barco a uma das duas cidades e completando assim o chamado Romantic Ring – ticket completo a 14 euros). Veja os preços atualizados aqui.

Ponto final do Seilbahn, em Rüdesheim

Claro que você também pode fazer o trecho todo na direção inversa, começando por Rüdesheim, dependendo de onde estiver alojado.

Com certeza foi um dos passeios mais legais que fiz nesta viagem – altamente recomendável se você estiver por aquelas bandas (e se o tempo ajudar, óbvio!).

Anúncios
10 Comentários leave one →
  1. 29 novembro 2012 12:00 pm

    Fala JB…essa Bingen aí parece até o Bingen de Petrópolis (só que não)…
    Na verdade, guardadas as devidas diferenças em termos de preservação da natureza e qualidade das construções, até lembra um pouco sim, só o rio que corre pelo “nosso” Bingen é bem mais magrinho.

    Abs,

    Felipe

    • 30 novembro 2012 5:14 pm

      Haha, Felipe… Acho q a inspiração deve mesmo ter vindo de lá.

  2. Nina Kuperman permalink
    17 outubro 2013 11:21 pm

    Olá,
    Gostaria de entender o seu roteiro. Você ficou 6 dias na Alemanha, sendo os 3 primeiros em Koln e os restantes onde??
    Muito obrigada,
    Nina.

    • 19 outubro 2013 12:21 pm

      Oi Nina,

      Fiquei um dia em Assmannshausen para visitar a área de Rüdesheim, e mais 2 dias em Boppard, explorando a região de Koblenz.

      Abs,
      JB

  3. Claudia permalink
    3 agosto 2014 4:19 pm

    Prezado JB.
    Gostaria muito de agradecer a você e a seu blog as dicas sobre o Vale do Reno com as quais me senti absolutamente segura para empreender minha primeira viagem a Europa sozinha. Como não queria errar em nada escolhi o mesmo Rheinhotel Lamm em Assmannshausen para me hospedar e comi uma deliciosa Flammkuchen no Ratsstube. Fiquei por dois dias na região só aproveitando a paisagem, os passeios de barco e claro o Riesling local. Depois fui para Koblenz, onde me hospedei por mais duas noites e percorri os pontos turísticos citados por você. Para quem for à cidade acrescentaria a sugestão de visitar o prédio ” Forum Confluentes”, inaugurado em junho do ano passado e que abriga a Biblioteca Municipal, o Museu do Médio Reno, e o Centro de Informações Turísticas. Só a arquitetura já vale a pena. Mas, se pagar € 1,00, pode pegar o elevador que leva até o terraço de onde se tem, naturalmente, uma bela vista da cidade.
    Enfim, este relato é mais para agradecer sua inestimável ajuda e inspiração para esta viagem que, até aqui, tem sido muito agradável.
    Grande abraço
    Claudia Nocchi

    • 4 agosto 2014 12:08 pm

      Claudia,

      Vc não sabe como fico feliz em receber comentários como este! É um baita incentivo para continuar compartilhando minhas estórias.
      Obrigado pelo carinho (e pela ótima sugestão de visita em Koblenz) e que vc tenha um resto de viagem igualmente agradável.
      Precisando de alguma coisa, estaremos aqui.

      Grande abraço,

      • Claudia permalink
        5 agosto 2014 4:53 pm

        Bem, dar um retorno é o mínimo que se deve fazer em troca de tantas informações compartilhadas. E sim, a viagem continua ótima porque, apesar do clima chuvoso, Berlim continua sendo para mim o melhor lugar do mundo. E este “baita incentivo” revela uma origem gaúcha?
        Abraço
        Claudia Nocchi

        • 6 agosto 2014 6:58 pm

          Claudia,

          Não, sou daqui do Rio mesmo!
          Continue aproveitando a viagem e depois conta pra gente, tá?

          Abraços

  4. Lellis permalink
    11 abril 2016 8:28 pm

    Olá JB, parabéns pelo excelente blog.

    Estarei em Rüdesheim em breve, chego às 14:00 do próximo 01/05 e saio no dia 03 pouco antes das 17:00.Tenho a intenção de simplesmente perambular pela cidade no dia da chegada e fazer um bate-volta de barco até Boppard no dia seguinte. Imagino que seja possível encaixar o Romantic Ring na manhã-tarde do último dia, você teria como confirmar o tempo médio do passeio? (o link incluído no texto não está funcionando).
    Grato pela atenção,

    Lellis

    • 12 abril 2016 9:45 am

      Oi Lellis,

      Obrigado pelos elogios e pela informação do link (já atualizado).

      Quanto ao Romantic Ring, o passeio completo é feito na sua velocidade, mas acredito que em 4 horas daria para fazer todo o percurso com tranquilidade.

      Abraços,
      Jb

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: