Skip to content

Bariloche – Cerro Catedral

22 setembro 2013

DSC05801

A previsão do tempo hoje mostrava céu nublado com possibilidade de chuva, ou seja, nada de ficar na cidade! Rumei rápido para o Cerro Catedral de ônibus, numa viagem de 45 minutos e 10 pesos.

Cerro Catedral é simplesmente a maior estação de esqui da América do Sul, com mais de 120km de pistas para todos os níveis e 36 meios de elevação, além de uma estrutura de lojas e restaurantes que permitem, mesmo a quem não vai esquiar, passar o dia inteiro por lá.

DSC05550

A base do Cerro estava com pouquíssima neve, acho que nunca havia visto o lugar deste jeito. As nuvens cinzas, contudo, anunciavam que lá em cima o panorama poderia ser outro.

Confiando nisso, comprei um ticket para a silla, um dos dois únicos meios de elevação para os “sem-esqui”. Custou 115 pesos e permitiria ascender até o terceiro tramo da pista La Princesa, se o vento forte não tivesse fechado este último trecho.
DSC05505DSC05540

DSC05506

A subida foi uma delícia, com lindas paisagens e aquela sensação gostosa de vento frio no rosto. Chegando no primeiro estágio, a quantidade de neve era bem maior e tinha muita gente aproveitando, seja no esqui ou no snowboard. Eu fiquei só observando.

Tentei entrar no restaurante, mas a quantidade de gente estava insuportável. Preferi seguir viagem, subindo até a segunda e última parada do dia.
DSC05509DSC05510

Sábia decisão: o fluxo de pessoas estava tranquilo lá em cima. O restaurante era menor, mais aconchegante, com uma vista mais bonita e um pouco mais barato. Só vantagens!

Não espere encontrar comida gourmet nestes lugares, o prato típico é mesmo o sanduíche de milanesa, preferência de 10 entre 10 argentinos. Como havia comido isso no dia anterior, resolvi ficar com o velho e conhecido hambúrger, acompanhado de queijo, presunto e salada, além de fritas.

DSC05525

Vejam a vista do segundo estágio da pista La Princesa.

DSC05528

DSC05543

Ainda fiquei mais algum tempo lá em cima, incrivelmente atraído pela vista (quase) completa. Aí em cima, uma ideia do complexo de Cerro Catedral, sem neve.

A descida também foi bem agradável e nem tive muito problema por não estar usando uma bota impermeável.

A fome bateu no final e parei na filial da Mamuschka para traçar uma torta mousse de chocolate que me manteve sem fome por um bom tempo.

DSC05548

No último dia voltei ao Cerro para experimentar o outro meio de ascensão: o bondinho, similar ao que temos no Pão de Açúcar.

DSC05808

DSC05546

Esta opção nos leva, em uma única viagem, até o Refúgio Puntanevada, a 1830 metros acima do nível do mar, onde o termômetro marcava perto de zero grau e a visibilidade era muito reduzida.

DSC05812

DSC05813

Lá em cima há um restaurante amplo, com dois andares, e uma lareira central onde o pessoal se aquece e coloca suas luvas para secar. A trilha sonora é de rock argentino e clássicos mundiais.

Logo ao lado, um barzinho bem aconchegante chamado El Cabo, tem uma vibe reggae, presença jovem maciça, e cerveja estupidamente gelada (do lado de fora, bien sûr).

DSC05816DSC05818
DSC05828

Chegou a nevar leve por alguns momentos, mas o vento forte fez parecer que estávamos sob uma nevasca.

Ainda deu para capturar um solitário pássaro que curtia a temperatura agradável sem reclamar.

DSC05821

Ao descer, pude apreciar mais um pouco a turma de baixinhos que demonstravam uma expertise impressionante na arte do esqui. Invejável, mas não é para mim!

DSC05804

Resumindo, sempre há diversão no Cerro Catedral, seja você esquiador ou não.

Lembro que os ônibus que fazem o trajeto Cidade-Cerro Catedral rodam em intervalos de uma hora. Do Cerro, eles saem a cada 15 minutos após a hora, mas a fila no fim de tarde começa bem antes disso, portanto se programem para não perder a condução.

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. 26 setembro 2013 9:20 am

    Que hamburquer mixuruca aquele hein JB, mas pelo menos a torta pareceu apetitosa. Como sempre viajando o mundo…você não para!
    Vê se aparece um dia aqui no Rio Sul para comermos um hamburquer de verdade no outback!

    Abs

    • 10 outubro 2013 8:34 pm

      Fala Aspira,

      Com a fome que eu estava, o hambúrguer estava ótimo… Vamos marcar uma ida ao Outback sim!

      Abração

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: