Skip to content

Peru – Cusco – Valle Sagrado

25 dezembro 2013

DSC06287

Este passeio, depois de Machu Picchu, é com certeza o mais interessante. Aconselho que seja feito em um domingo para aproveitar a feira de Pisac, normalmente a primeira parada do tour.

DSC06278

Pisac é uma cidadezinha a cerca de 40 km de Cusco, do outro lado da montanha. Para chegar até lá, tomamos a mesma estrada que nos leva a Tambomachay e as outras ruínas que compõem o City Tour.

DSC06281

O mercado possui várias barracas com artesanatos diversos, pinturas, roupas e outros objetos que os turistas adoram. Aqui, como em outros lugares, pechinchar é a norma e quase uma obrigação.

Aos domingos há também a feira de mercadorias na Plaza de Armas, onde os locais trocam objetos entre si, tradição antiga por aqui.

Neste domingo específico não houve feira, pois era aniversário da cidade – em seu lugar pudemos ver uma pequena apresentação de uma banda escolar.

DSC06282DSC06285

Tivemos pouco tempo para as compras pois ainda havia muita coisa para visitar. NO caminho paramos rapidamente para levar algumas empanadas inca para viagem (foto abaixo). A minha tinha recheio de tomate, queijo, presunto e orégano, e estava bem boa.

DSC06286

Subimos então quase 500 metros até onde estão as ruínas de Pisac, com uma linda visão de todo o Valle Sagrado. Dizem que a localização desta antiga cidade, que se acreditava ser uma espécie de fazenda real de Pachacútec,  forma um triângulo equilátero com Cusco e Piquillacta, cada lado com exatos 33 km e todos situados a 3300 metros de altitude.

DSC06289

Aqui temos, além das diversas construções domésticas e cerimoniais, os onipresentes terraços utilizados para agricultura e dois túneis escavados pelos incas. Felizmente a maior parte do trajeto era feita em terreno relativamente plano, o que permitiu um fôlego extra para subirmos até Intihuatana, um dos templos mais importantes do local.

DSC06291

DSC06294

Ao todo tivemos cerca de uma hora no local, o que achei pouco, pois boa parte foi gasta ouvindo as explicações da guia (muito boa, por sinal).

Fiquei frustrado por não termos conseguido ir até um dos túneis, pois era bem depois de Intihuatana.

DSC06292

Voltamos ao ônibus para uma viagem de pouco mais de uma hora até Urubamba, onde o grupo foi dividido em vários restaurantes, a depender com que empresa foi comprado o pacote de Valle Sagrado.

Como todos os restaurantes eram buffet e não queríamos encher a barriga para depois ter que subir todos os degraus em Ollantaytambo, preferimos comer apenas uns snacks.

DSC06309DSC06311

Depois de uma pequena e necessária siesta de 25 minutos chegávamos em Ollantaytambo (Ollanta para os íntimos).

Lembro que, na primeira vez, ao ver as ruínas depois de uma via crucis para chegar até lá, não tive coragem de encarar a subida e segui direto para Aguas Calientes de trem. Desta vez me pareceu menos assustador e conseguimos subir sem maiores problemas de falta de ar.

DSC06302

O local onde ficam as ruínas era um templo cerimonial, embora ficasse conhecido como “a Fortaleza”, devido à forma de seus terraços, conhecidos como Terrazas de Pumatalli.

DSC06314

O dia estava belíssimo e a luz do meio de tarde dava um colorido especial ao local. Considero esta uma das mais bonitas ruínas do império inca.

Algumas rochas, como as mostradas abaixo, indicam que o local possivelmente ainda estava em construção ao ser abandonado.

DSC06316

DSC06319DSC06326

DSC06328

Foi aqui, em 1536, que o Imperador Manko Inka derrotou os conquistadores espanhóis, inundando a planície, do alto dos terraços.

DSC06329

DSC06337

Nosso passeio acabou por aqui, já que ficaríamos em Ollanta para tomar o trem a Machu Picchu na manhã seguinte. O restante do grupo ainda parou em Chinchero antes de voltar a Cusco.

DSC06343

Aconselho que este passeio seja feito no terceiro dia, quando a maioria já estará acostumada com a altitude e poderá percorrer as ruínas com menor esforço.

DSC06360DSC06362Espere pagar entre 35 a 65 soles por este passeio, dependendo se o almoço estiver incluído ou não. Também pode-se pedir um desconto se você for ficar em Ollanta, mas nem todas as agencias dão. É um passeio de dia inteiro, das 08h30 até as 19 h.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: