Skip to content

México – DF – Onde ficar e transporte

20 janeiro 2014

DSC04640

A escolha de onde ficar na Cidade do México depende muito do seu budget, mas independente disto, não aconselharia ninguém a ficar no centro histórico, um lugar deserto e sem vida quando cai a noite (como a maioria das áreas centrais das grandes metrópoles, aqui não é diferente!).

DSC04717DSC04718

DSC04043

A opção de Polanco, um bairro residencial e comercial de classe alta, misto de Jardins com Palermo, poderia ser a mais atraente se os preços dos hotéis não fossem tão altos.

Uma opção que recomendo é ficar no meio do caminho, seja no quesito geográfico ou mesmo monetário: a Zona Rosa possui comércio variado, ruas de pedestres e agitação constante, além de ficar a uma curta corrida de táxi dos restaurantes estrelados de Polanco ou a poucas paradas de metrô do centro histórico.

DSC04070

Como dividimos nossa estada em DF em duas, pudemos experimentar duas opções de hospedagem, das quais destaco o Eurostars Zona Rosa, que possui um quarto gigantesco (fotos abaixo), com antessala, 2 TVs e ótima localização, apesar da decoração um tanto quanto datada. Nossa diária não incluía café da manhã, mas isso era facilmente conseguido nas imediações.

DSC03962

DSC03963

E aos domingos o Paseo de la Reforma fica fechado ao trânsito, para deleite dos mexicanos e turistas. Uma ótima dica para um passeio.

DSC03969

Na volta de Playa del Carmen, ficamos no NH Zona Rosa, um pouco mais caro e com menor custo benefício.

Ambos eram muito próximos da estação de metrô Insurgentes (linha 1) que deve ter a tarifa mais barata que já encontrei: apenas 30 centavos de real. Claro que a consequência disto é um transporte normalmente lotado e sem ar condicionado. Não deixa de ser uma boa maneira de travar conhecimento com o modo de vida dos mexicanos.

DSC04716

Para sair do aeroporto pode-se usar o metrô, porém desaconselho se estiver com bagagem grande. A melhor opção é mesmo o táxi, que não deve custar mais do que 200 pesos mexicanos (pouco mais de 30 reais na cotação da época) até a Zona Rosa.

DSC04715

Aliás, é preciso cuidado na hora de escolher um táxi. Sugiro, sempre que possível, utilizar os serviços do hotel que normalmente tem convênio com empresas um pouco mais confiáveis. Se não houver jeito, é melhor combinar sempre a tarifa com antecedência para não haver surpresas.

Se essas regrinhas forem seguidas, o táxi pode, sim, ser um meio de transporte interessante na cidade.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: