Skip to content

África do Sul – Stellenbosch, dia 1

25 julho 2014

DSC01370

Chegamos a Cape Town em um voo direto de Dubai, mas nosso transfer contratado com o hotel em Stellenbosch não estava nos esperando. Sem dificuldade, arrumamos um táxi que nos levou até lá pelo mesmo preço que havia combinado (350 rands, cerca de 75 reais).

A viagem de pouco mais de 40 km durou quase uma hora devido aos vários sinais de trânsito e logo se viam os primeiros sinais de que estávamos entrando em uma região vinícola. Pouco depois, tínhamos a primeira visão da charmosa Stellenbosch.

DSC01357

A cidade é pequena e encantadora, com construções coloniais e rodeada de montanhas, que propiciam um clima perfeito para vinicultura. Junto com Franschhoek e Paarl, forma o que é chamado de Cape Winelands, região vinícola mais importante do país.

DSC01354

Nesta época do ano Stellenbosch também é muito, muito colorida!

DSC01358

Nossa pousada – Middedorp Manor –  ficava em uma rua tranquila e bem arborizada.

IMG_20140510_092418999

A residência de 2 andares tem mais de 200 anos, cinco quartos bem espaçosos e muito bem decorados e é cool até a medula, toda em branco e com mimos típicos de cidade pequena, como uma biblioteca, uma sala de estar com direito a degustar de cálices de sherry, um café da manhã compacto, mas de excelente qualidade…

DSC01360

DSC01359

…uma piscina gelada que deve ser ótima para os dias de verão…

DSC01372

…e até a companhia simpática de Misha, o gato de estimação local.

IMG_20140511_050837998

Deixamos as malas no quarto e iniciamos a caminhada pela cidade. A cidade é a segunda mais antiga da África do Sul, fundada em 1679 por Simon van der Stel (Stellenbosch significa o Bosque de Stel).

Abaixo se pode ver a “praça principal” da cidade (chamada Braak), na verdade um grande descampado.

DSC01352

Em frente à praça fica o Museu de Stellenbosch e o Kruithuis (Arsenal), construido em 1777 e o único monumento na cidade com o símbolo da Companhia Holandesa das Índias Orientais: VGOC (Vereenighde Geoctroijeerde Oostindische Compagnie), fundada em 1602 com o propósito de explorar as rotas comercias de especiarias.

DSC01351

Como estávamos morrendo de fome, havíamos pedido sugestões a Moyo, o atendente da pousada, que nos indicou o Wijnhuis, na Church Street, um restaurante que poderia passar despercebido, mas que se revelou um grande achado.

IMG_20140510_110523443

Pedimos uma saborosa massa com frango, abobrinha, cogumelos e pine nuts, acompanhada de uma taça de um bom Pinotage local.

IMG_20140510_101007128

IMG_20140510_104027110_HDR

De sobremesa, era imperativo experimentar o tão falado malva pudding, meio pudim, meio bolo, molhadinho e feito com brandy, acompanhado de uma bola de sorvete de creme – uma coisa de outro mundo! Veja na foto ao lado se estou mentindo…

A sobremesa foi degustada com um cálice de Amarula!

Para o jantar quase ficamos a ver navios, pois demoramos muito para escolher um local e a maioria dos restaurantes aqui fecha às 22h durante a semana. Fica a dica para os desavisados!

Acabamos entrando no Basic Bistro, que é bem basic mesmo, mas gostosinho e honesto: comi espetinhos de lulas com salada de rúcula e uma taça de viognier. Uma refeição light no estômago e na barriga!

DSC01367

Na manhã seguinte começaríamos a descobrir o que esta região tinha a oferecer…

 

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Luiza Vidal permalink
    8 setembro 2016 10:00 pm

    Oi JB, tudo bem? Adorei seu relato sobre seus passeios em Stellenbosch e Franschhoek. Ótimos, na medida!

    Vou com minha familia (somos 5) agora em Outubro/2016 e estamos planejando fazer esse passeio também.

    Para visitar as vinícolas e os restaurantes foi necessário fazer reserva antes? Voces compraram os ingressos do Winetram com antecedência?

    Desde já agradeço. Abraços.

    • 9 setembro 2016 9:15 pm

      Oi Luiza,

      Para visitar as vinícolas não foi necessário reserva, não. Já para o restaurante, fizemos uma reserva sim, apesar do mesmo não estar lotado. Quanto aos ingressos do Winetram, compramos na hora.

      Acho que se você não for em um final de semana não deve ter problemas. Se quiser fazer reserva só para garantir, também vale.

      Abracos, JB

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: