Skip to content

Fim de semana – Curitiba, domingo

17 agosto 2015

IMG_20150705_105817067

O domingo foi mais curto e por isso levantamos cedo para o café da manhã para iniciar logo os passeios.

O plano hoje era complementar o percurso de ontem, quando tivemos que dar prioridade aos pontos mais distantes do trajeto do ônibus de turismo.

Fomos de ônibus biarticulado até as proximidades do Museu Oscar Niemeyer, popularmente conhecido como Museu do Olho – fizemos uma baldeação grátis no centro da cidade, mas a viagem total deu menos que meia hora. E custou bem menos hoje, já que aos domingos a passagem cai para módicos R$1,50!

IMG_20150705_110134812

O Museu dispensa palavras, com seu design arrojado, destacando-se no meio de uma área residencial. Inaugurado em 2002, com projeto de Oscar Niemeyer, recebe mais de 300 mil visitantes todo ano.

O prédio principal tem 3 andares: no térreo se encontra a bilheteria – a entrada é gratuita no primeiro domingo do mês, justamente no dia em que visitamos. Nos outros dias (terça a domingo) se paga R$9.

As principais salas de exposição ficam no primeiro andar. Em uma das salas estavam 48 obras, parte do acervo particular de vários acusados da Operação Lava-Jato, com exemplares de Di Cavalcanti, Vik Muniz e Iberê Camargo, entre outros.

Outra exposição em cartaz mostrava as principais obras do cubano Wifredo Lam.

IMG_20150705_112044535 IMG_20150705_111848373Além das salas o museu dispõe de um auditório, e um ambiente para realização de eventos externos para 500 pessoas, uma loja com produtos personalizados com o logo do Museu e o MON Café, um ambiente aconchegante para um lanche rápido.

IMG_20150705_112914336

No subsolo pudemos apreciar outras exposições, sendo que a mais interessante era uma série de gravuras do Museu de Arte Fuji de Tóquio.

IMG_20150705_110444644 IMG_20150705_112544802Neste nível também fica o Pátio das Esculturas, que abriga a exposição permanente de algumas obras pertencentes ao acervo, além do Espaço Niemeyer, com exposição permanente de projetos, fotos e maquetes de obras do arquiteto.

IMG_20150705_113905600_HDR

Com ligação interna ao prédio principal através de um túnel, o prédio do Olho tem 30 metros de altura e é composto por quatro pavimentos com espaços ainda não ocupados com exposições e o miniauditório.

IMG_20150705_114534387

O Museu do Olho fica bem próximo ao Bosque João Paulo II, sede do Memorial da Imigração Polonesa.

IMG_20150705_115802405 IMG_20150705_120313369_HDRPossui um conjunto de 7 casas construídas em madeira típica e uma estátua celebrando a visita do Papa João Paulo II à Curitiba em 1980.

IMG_20150705_121255314

O local é palco de diversas festas da colônia polonesa, como a que estava acontecendo naquele domingo, que comemorava os 25 anos da visita do Papa.

IMG_20150705_120439406_HDR IMG_20150705_120457027Havia muitos doces e comidas típicas, mas chegamos literalmente no fim da festa.

O local também possui uma área de mata nativa, com muitas espécies de árvores, como araucárias, pitangueiras, carvalhos e cerejeiras, entre outros.

IMG_20150705_120716796_HDR

IMG_20150705_130600256_HDR De lá tomamos um biarticulado que nos deixou na praça Santos Andrade. Lá, encontramos mais uma feira dominical, esta bem mais modesta. Vimos o Teatro Guaíra e atravessamos a praça até ao edifício da Universidade Federal do Paraná (UFPR), mostrado na foto abaixo.

Seguimos caminhando pelo calçadão da rua XV de Novembro, que atualmente não apresenta muitos atrativos, principalmente em um domingo. Terminamos o passeio na Praça Osório.

IMG_20150705_130751337_HDR

Voltamos para o hotel, pegamos as mochilas e resolvemos fazer uma boquinha em um restaurante japonês próximo ao hotel. De lá tomamos um ônibus até o shopping Estação de onde sai o executivo até o Aeroporto (tarifa de R$ 13 por pessoa), o melhor custo beneficio para se ir até lá.

Nosso voo saiu no final da tarde, mas acho que conseguimos ter uma boa ideia da cidade. Um passeio que não fizemos, mas que merece ser feito com tempo é a viagem de trem pela serra, parando em Morretes para explorar a cidadezinha e experimentar o famoso “barreado”.

Fica para a próxima!

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: