Skip to content

Japão 2016 – Yokohama

7 junho 2016

DSC05739

Yokohama é a segunda cidade mais populosa do Japão e fica ao lado de Tóquio, portanto não há desculpas para não conhecer esta cidade fascinante se você estiver passando alguns dias na capital japonesa.

Na verdade só nos dispusemos a fazer esta escapada porque era nossa segunda vez em Tóquio e já tínhamos feito um apanhado geral da cidade. Além do mais o domingo de inverno estava ensolarado e achamos que seria uma boa oportunidade para passear um pouco à beira mar.

Pode-se facilmente chegar a Yokohama (e gratuitamente se você tiver o JR Pass) de vários modos: escolhemos a linha JR Keihin-Tohoku, que passava em Shinagawa e dava acesso direto à estação de Sakuragicho, local onde queríamos descer, para explorar a parte mais moderna da cidade, chamada Minato Mirai (“porto do futuro” em japonês),  junto ao porto.


DSC05719 DSC05720

DSC05723 Minato Mirai, como o próprio nome diz, espelha a cidade do futuro: repleta de arranha-céus (a Landmark Tower, que pode ser vista à esquerda na foto que ilustra o post, é um dos edifícios mais altos do país), shopping centers, um parque de diversões e outras atrações, é um ótimo local para um passeio de fim de semana. Até 1980 esta área era apenas um grande estaleiro.

O navio Nippon Maru, construido em 1930, fica permanentemente ancorado no porto e está aberto à visitação pública. Este navio serviu como treinamento para os marinheiros japoneses.

Outro prédios abrigam escritórios e lojas comerciais, além de esculturas futuristas, como a que pode ser vista na Queen’s Square e que parece uma montanha russa retorcida.

Com parte do seu território em uma ilha artificial, o principal cartão postal é a Cosmo World Ferris Wheel, que fica no parque de diversões de mesmo nome e que por muito tempo foi o maior relógio do mundo.

DSC05718

Este parque possui diversas atrações e pudemos experimentar a montanha russa local, muito boa.

DSC05726

Outro lugar de interesse pode ser o Cup Noodles Museum que, obviamente, conta a história deste item da alta gastronomia japonesa. Além de conhecer como o macarrão instantâneo foi inventado, você pode fazer ali mesmo o seu próprio Cup Noodle com o sabor que quiser. Diversão garantida para quem curte.

DSC05727

A visita mais interessante, na minha opinião, foi aos armazéns de tijolos vermelhos (“akarenga soko”), antigos postos de estocagem de carga construidos em 1911, que foram convertidos em um shopping, com restaurantes e espaço para eventos e mostras de arte.

DSC05728

DSC05729

Logo ao lado ficava o rinque de patinação, bastante frequentado neste domingo ensolarado.

DSC05731 DSC05734

DSC05735 DSC05736

DSC05737

Continuamos caminhando pelo parque até chegar a área do terminal de passageiros (Osanbashi Pier), um local de onde se tem a melhor vista do skyline de Yokohama.

DSC05748

DSC05749

Esta área é um convite ao passeio no fim de tarde e o local estava cheio porque havia um festival de cerveja no galpão de eventos, com grupos de música de anime e tudo. Pena que o ingresso era pago, por isso ficamos apenas assistindo da parte de fora.

O local abusa da madeira e da grama, criando um passeio que mescla o clássico e o contemporâneo.

DSC05764

Yokohama foi o primeiro porto japonês a se “abrir” para o ocidente e este fator foi fundamental para o desenvolvimento da cidade, ainda no século 19.

DSC05767

Estávamos ao lado do Yamashita Park, um grande parque à beira mar, mas logo nos desviamos rumo ao interior até chegar à Chinatown da cidade.

DSC05768 DSC05769

DSC05771 DSC05774Estimativas mostram que a população de chineses na cidade não é tão grande – no máximo, 4000 pessoas – mas a sua Chinatown é uma das maiores da Ásia, com centenas de lojas e restaurantes além de templos diversos. O local estava lotado no fim da tarde de domingo e encontramos até um lutador de sumô “disfarçado”.

DSC05775

Yokohama se revelou um ótimo passeio de um dia e ainda deixamos de ver as belas casas vitorianas em Yamate, pois já estava anoitecendo.

Voltamos para Tokyo tomando um trem da mesma linha JR Keihin-Tohoku na estação de Ishikawacho.

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: