Skip to content

Chapada dos Veadeiros – Cachoeira Santa Bárbara

29 outubro 2016

img_20161002_104804983

*************************************************************************************************

Primeiro conselho: não deixe que a dificuldade de acesso à Cachoeira Santa Bárbara te desanime. O prêmio final será, com certeza, uma das visões mais impactantes de toda a sua experiência na Chapada dos Veadeiros.

Isto posto, vamos aos fatos: para acessar esta maravilha é preciso dirigir-se ao município de Cavalcante, 90km ao norte de Alto Paraíso. Nesta área existem algumas comunidades de quilombolas (descendentes de escravos), que ocupam áreas demarcadas pelo Governo Estadual, com pleno usufruto delas.

img_20161002_091145964

A maior parte dos quilombolas em Goiás pertence ao grupo Kalunga, que ocupam uma área de 230 mil hectares do Cerrado, com cerca de 4 mil habitantes. Sua tradição mistura elementos africanos e europeus com um forte apelo católico, com festas celebrando santos que atraem turistas para a região.

De Cavalcante, o acesso até a comunidade é pouco sinalizado, por isso peça informações no CAT – Centro de Atendimento ao Turista – da cidade. Serão mais 25km de estrada de terra com uma parada estratégica no Mirante da Nova Aurora para uma vista completa da terra dos Kalungas.

img_20161002_090646705

Ao chegar na comunidade Kalunga Engenho II, paga-se R$20 por pessoa pelo acesso, além de ser obrigatória a contratação de um guia  – cobram entre R$70 e R$80 por um grupo de até 5 pessoas (preços de setembro de 2016).

img_20161002_093640654

img_20161002_093758637

Pegue o carro novamente e percorra uns 4km até um “estacionamento” onde você deixará seu automóvel.

Antigamente este percurso tinha que ser feito a pé ou de carona com uma camionete da própria comunidade. Hoje, graças à construção de uma ponte, você consegue chegar até bem próximo da cachoeira.

img_20161002_095012839

Depois de sacolejar tudo isso de carro, ainda sobraram cerca de 1,5km de trilha.

Na foto abaixo à direita vemos a Celuta, nossa guia quilombola, que nos orientou pelo caminho desde Cavalcante.

img_20161002_095927090

img_20161002_100150728Considerada fácil, a trilha passa por um riacho tranquilo, mas na maior parte do tempo é sob sol a pino, por isso não se esqueça de água e do filtro solar.

img_20161002_095634461

A primeira visão que você terá é da Cachoeira Santa Barbarinha, a irmãzinha caçula da mais famosa. Mesmo pequena, a tonalidade das águas já te dará uma ideia do que esperar se você continuar caminhando.

img_20161002_100802552_hdr

img_20161002_104941873

Saímos bem cedo de Alto Paraíso e com isso conseguimos atingir a Santa Bárbara antes do pico de turistas, normalmente após as 11h da manhã.

Recomendo que você faça o mesmo, mas não pense em chegar muito cedo pois o sol incide sobre a cachoeira apenas entre as 10h e o meio dia.

Normalmente só é permitido ficar na cachoeira por uma hora, devido ao fluxo de turistas.

img_20161002_101258163

Acredito que as fotos serão suficientes para convencer qualquer um a incluir uma visita à Santa Bárbara, não?

Normalmente esta visita é conjugada com a Cachoeira da Capivara, mas neste dia ainda iríamos para Brasília pegar nosso voo de volta, portanto não tivemos tempo de conhece-la. Segue o conselho: não deixe para visitar esta cachoeira no seu último dia de viagem!

INFO

Endereço: Acesso pela Estrada p/ Engenho II, Cavalcante – GO

Ingresso: R$ 20 pelo acesso, mais entre R$80-100 pela contratação de um  guia, que pode ser dividido com até mais 9 pessoas.

Nível de dificuldade da trilha: Fácil

 

 

 

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: