Skip to content

Europa 2016 – Alsácia – Kientzheim e Riquewihr

28 novembro 2016

dsc06269

Nosso primeiro trajeto de carro começou em Zurich, onde havíamos chegado no dia anterior. Vale destacar aqui a rapidez de todo o processo de aluguel de carro. Havíamos reservado o carro antecipadamente e com um bom desconto através do site da Hertz.

Neste dia andamos até a loja, que era bem próximo ao nosso hotel e, em menos de 10 minutos já estávamos dentro do carro com todas as instruções e verificações necessárias, sem que a vendedora nos tentasse empurrar um sem número de seguros extra, como ocorre normalmente nos EUA.

Voltamos ao hotel para pegar as malas e zarpamos utilizando o GPS do celular que funcionou perfeitamente em toda a viagem. O destino final era Estrasburgo, mas claro que iríamos aproveitar para fazer algumas paradas em cidadezinhas estratégicas na Alsácia, como mostra o mapa abaixo.

 

A primeira delas era Kientzheim, uma cidadezinha normal, escolhida como pit-stop apenas por ser ali a sede do Domaine Paul Blanck, um dos melhores produtores de vinhos da região.

dsc06251

O Domaine possui alguns vinhedos bem colado à cidade, que é minúscula. Apesar de contíguos, os vinhedos tem terroirs distintos, tendo-se várias opções de Riesling e Pinot Gris, as duas uvas mais plantadas na Alsácia, famosa por seus ótimos vinhos brancos.

dsc06260

dsc06258dsc06259

Cidade pequena mas com aquele charme alsaciano que cativa: arquitetura alemã, flores nas janelas e ruas e um clima absurdamente tranquilo, reforçado pelo fato de termos chegado perto das 13h, horário do almoço. Não sei se aqui também se respeita o período da siesta, mas parecia uma cidade fantasma.

Por esta razão não conseguimos ir direto à loja do Domaine, pois estava fechada.

dsc06265

dsc06249

dsc06254dsc06270

 

 

 

Nossa opção foi percorrer literalmente toda a cidade e parar para um almoço leve no restaurante da Hotellerie Schwendi, escolha quase que obrigatória, já que era um dos poucos lugares abertos naquela segunda feira.

dsc06274 dsc06275

 

Provei um quiche de cebola com salada verde que foi o suficiente para aplacar a fome e permitir que pudéssemos finalmente degustar os vinhos de Paul Blanck.

dsc06272

Experimentei 6 exemplares de brancos, sendo 3 de cada variedade (Riesling e Pinot Gris) e com preços crescentes. Vale notar que mesmo os vinhos mais básicos tem uma qualidade diferenciada, assim como se percebe claramente a sutileza de cada um dos vinhedos.

Ao final, comprei um Riesling (do vinhedo Furstentum) e um Pinot Gris (do vinhedo Patergarten) por 30 euros, vinhos que aqui me custariam pelo menos R$500.

dsc06278

A próxima parada foi na cidade de Riquewihr que é considerada uma das mais bonitas da Alsácia. Neste ponto começou a garoar, mas isto não impediu que a cidade estivesse cheia de visitantes, formando uma pequena multidão na simpática ruela principal da cidade velha.

dsc06283

dsc06282

Seu centro antigo é bastante compacto e pode ser percorrido sem pressa em 15 minutos. Repleto de lojinhas convidativas com ótimas opções de souvenirs e várias alternativas gastronômicas como sorvetes, chocolates, pães e bolos típicos, tem atração para pelo menos uma hora de caminhada.

dsc06285dsc06288

Isto se você não prestar atenção nas casinhas coloridas com sua linda arquitetura que, mesmo na chuva, conseguem se destacar na paisagem.

Comemos wurst , um tipo local de macaron feito com coco e comprei um pão que leva passas e açúcar mascavo na receita, para ser degustado no nosso café da manhã.

Se Riquewihr é mesmo a mais bonita cidadezinha da Alsácia não dá para afirmar, mas que tem um charme especial, isto é indiscutível.

Ou talvez a Alsácia inteira seja tão deslumbrante que a gente não perceba!

Será?

 

dsc06289 dsc06296

Anúncios
2 Comentários leave one →
  1. Juliana permalink
    14 junho 2017 6:11 am

    Olá!!gostaria de saber como funciona a degustação na casa Paul Blank. Há uma tabela de preços para degustação? Tentei encontrara informação no site deles, mas não consegui. Obrigada!

    • 22 junho 2017 7:07 pm

      Oi Juliana,

      Fiz uma degustação de 6 vinhos brancos gratuita, mas não sei se esse é o padrão. Não vi tabela de preços por lá. Tente escrever para eles através do site.

      Abraços

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: