Skip to content

Londres a pé – Roteiro 4: Trafalgar, National Gallery, Piccadilly, Regent Street, Soho

8 fevereiro 2018




Início: Metrô Charing Cross (Northern Line- preta e Bakerloo Line – marrom)

Final: Metrô Tottenham Court Road (Northern Line – preta e Central Line – vermelha)



Ao final da avenida estará Trafalgar Square, cujo nome homenageia a famosa batalha naval ocorrida próximo ao Cabo Trafalgar na Espanha em 1805, na qual a esquadra britânica saiu-se vencedora no confronto com as tropas de Napoleão.

Um de seus heróis foi o Almirante Lord Nelson, que morreu justamente nessa batalha e cuja coluna de 52 metros de altura construida em 1843 é um dos destaques da praça, ladeada por quatro estátuas de leões feitas em bronze e instaladas em 1868.

Outras estátuas no local incluem a do Rei George IV, abaixo. Esse Rei foi o responsável por mudar as Cocheiras Reais para o Palácio de Buckingham, permitindo assim que essa área fosse remodelada e se tornasse o que é atualmente.

 

Um dos seus pedestais, onde deveria originalmente haver uma estátua equestre do Rei William IV, abriga hoje exemplos de arte contemporânea desde 1999, como este galo azul mostrado abaixo.

Além da praça ser comumente utilizada para protestos importantes, também é aqui que as celebrações do Ano Novo ocorrem.

Em seu entorno, ficam duas outras atrações da cidade: a igreja de St. Martin-in-the-Fields (mostrada na foto à direita) e a National Gallery.

St. Martin-in-the-Fields é uma bonita igreja anglicana construida em estilo neoclássico em 1726, cuja principal atração são os concertos de música clássica em seu interior, tanto na hora do almoço como nos fins de tarde.

A Academia de St Martin-in-the-Fields é um grupo clássico conhecido mundialmente e foi fundado por Sir Neville Marriner. Dizem que a acústica do local é privilegiada.


INFO – ST MARTIN-IN-THE-FIELDS

Horário: Todos os dias, das 8h30 às 18h (fins de semana abre às 9h).

Preço: a visita à igreja é grátis; os concertos de música clássica são pagos e os ingressos começam em £8. Veja no site a programação

Site: http://www.stmartin-in-the-fields.org/whats-on


A National Gallery é um dos museus britânicos mais importantes, fundada em 1824 e mais um com entrada gratuita por pertencer ao povo do Reino Unido.

Diferentemente de outros museus europeus, sua coleção é formada principalmente por doações de terceiros. Apesar de não ser muito numerosa, ela impressiona pela importância e escopo de suas obras. São mais de 2300 pinturas, indo desde a pintura do século 13 até o final do século 19, ou seja, abrangendo os principais movimentos da arte ocidental.

visitlondon.com

Por conta do tamanho do prédio e da coleção foi criada a Tate Gallery para abrigar a maioria das obras de artistas britânicos.


INFO – NATIONAL GALLERY

Horário: Todos os dias, das 10h às 18h (sextas até às 21h). Fechado em 1 de janeiro e de 24 a 26 de dezembro.

Preço: Grátis (algumas exposições especiais cobram ingresso pago à parte)

Site: http://www.nationalgallery.org.uk/visiting


 

Caminhe pela Charing Cross Road  e dobre à direita para chegar à Leicester Square (pronuncia-se ‘lés-tar’) o centro nevrálgico do West End londrino. A praça é rodeada de lojas de souvenirs, cinemas e restaurantes.

Na sua parte sul fica o quiosque da TKTS, oferecendo ingressos com desconto para o mesmo dia em peças e musicais nos teatros espalhados pela cidade, que em sua maioria ficam nos arredores da Shaftesbury Avenue.

Entre a praça e a avenida fica a Chinatown londrina, que só foi estabelecida nesse local na década de 1970. Colorida como todas as outras, tem supermercados e inúmeros restaurantes de qualidade variável. Pesquise bem antes de entrar no primeiro que vir.

Saindo do labirinto de ruelas de Chinatown você encontrará um local ainda mais cheio de turistas: Piccadilly Circus. Por estar no meio da “muvuca”, cercado de teatros e lojas, virou ponto de encontro.

 

Criada em 1819 para conectar a Regent Street com Piccadilly, não passa de um entroncamento circular com painéis imensos em neon à moda de Times Square em Nova York. Antigamente vários prédios ostentavam anúncios em neon, mas atualmente apenas um ainda os mantém.

Uma de suas saídas é justamente a Regent Street, uma das mais famosas (e caras) ruas de compras da cidade.

telegraph.co.uk

Uma das lojas mais bacanas e que deve ser visitada como ponto turístico mesmo é a imensa Hamleys, que fica no número 188-196 e apresenta sete andares de brinquedos e jogos de todos os tipos e que divertem a família inteira, com direito a testar vários deles. Isso sem falar na decoração incrível de suas vitrines e do hall principal.

telegraph.co.uk

Outras lojas de destaque são a Apple Store (número 235) , a Tommy Hilfiger (número 138) e a GAP (na 208).

Dobre à esquerda em Oxford Circus e você estará em uma das mais importantes ruas de comércio da cidade: Oxford Street.

Essa metade oriental da rua já viu melhores dias mas ainda assim possui lojas bem interessantes como a japonesa Uniqlo e a sueca H&M.

Em suas ruas perpendiculares se encontram vários restaurantes interessantes, principalmente na Wardour Street, já chegando na área GLS de Soho.

Posso indicar 3 locais BBB (bom, bonito e barato): a rede de bistrôs franceses Côte Brasserie (no 124- 126) que possui vários outros endereços na cidade

sobremesa do Côte, uma das melhores que já provei

… o tailandês Busaba Eathai (no 106-110) que possui mesas comunitárias e é ótimo para conhecer gente nova…

Pad thai do Busaba, delicioso!

e o italiano Vapiano (no 84), cujas massas são feitas na hora na sua frente.

Essa área, além de restaurantes possui vários pubs, teatros e casas noturnas, ou seja, é diversão certa (mais voltada para o público GLS, mas não restrita a eles). Tem também uma pracinha charmosa e arborizada.

Nossa última parada é na famosa livraria Foyles, que fica no número 107 da Charing Cross Road.

coolplaces.co.uk

Essa loja já ocupou outro prédio na mesma rua desde 1910 e conseguiu a façanha de entrar para o Guiness Book como uma das maiores do mundo em quilometragem de prateleiras: 48 km!

Nosso roteiro termina na estação de Tottenham Court Road.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: